CATÁLOGO

O Catálogo – CHAMA: Corpos Arvoredos Plurais – 6ª Mostra da Escola de Artes Visuais – Cefart/FCS, é um canal de divulgação, inovação e produção de memória. A publicação foi desenvolvida por estudantes e professores do Curso Básico de Curadoria da Escola de Artes Visuais – CEFART, e tem como objetivo divulgar a produção da Escola, valorizar sua história e o acervo da Fundação Clóvis Salgado. No campo da inovação, o material foi desenvolvido de forma coletiva, entre docentes e discentes, pensando nas possibilidades de um livro virtual, encontrando formas inéditas de narrativas entre imagens e textos. O espaço da memória se apresenta na oportunidade que a Escola de Artes Visuais – CEFART teve de trabalhar, pela primeira vez, com obras do acervo da FCS, exibindo (virtualmente) quatro obras e gerando pensamentos críticos em textos e assim, valorizando esse patrimônio dos mineiros. A publicação também contém imagens das 22 das obras que foram produzidas por membros da escola e selecionadas pela sua relação com o tema dessa Chama, Corpos Arvoredos Plurais,  e em diálogo com as obras do acervo. Além disso, o catálogo destina-se a contar brevemente a história das mostras anteriores da Escola de Artes Visuais do CEFART.

O catálogo é dividido em duas partes: Obras do  acervo – Textos críticos e Obras selecionadas – Escrita coletiva.

Na primeira parte busca-se resgatar a história das edições anteriores das mostras produzidas pela Escola de Artes Visuais – CEFART, que iniciaram-se em 2017. Na sequência, são apresentadas quatro obras do acervo da Fundação Clóvis Salgado dos artistas: Carlos Wolney, Frans Krajcberg e Mário Fraga, acompanhadas de textos críticos produzidos pelos estudantes do Curso Básico de Curadoria e orientades pelo Professor Alexandre Ventura.

Na segunda parte do catálogo: Obras selecionadas – Escrita coletiva , foram organizadas as obras selecionadas, divididas por grupos que dialogam pelas temáticas abordadas e afinidades estéticas. A partir da observação dessas imagens, os estudantes do Curso Básico de Curadoria, criaram um texto coletivo e experimental, refletindo sobre as produções sob a orientação das Professoras Daniela Parampal e Mara Tavares.

Desenvolvido por estudantes e professores do Curso Básico de Curadoria.

Estudantes: Ana Beatriz Cucaroli, Beatriz Radicchi, Debora Viveiros – Nirvi, Joana Juliane Santos Pinheiro, Lívia Lopes, Marden Ferreira, Marília Roque, Monelise Vilela Pando, Daphne Cunha, Roberta Silvestre, Tiago Borges, Tiago Sampaio e Virgilio de Barros.

Professores: Alexandre Ventura, Daniela Parampal, Giovane Diniz e Mara Tavares